quinta-feira, 31 de março de 2016

A incrível geração de mulheres que foi criada para ser tudo o que um homem não quer...



          Às vezes olho para mim imaginando um homem hipotético que descreva assim a mulher dos seus sonhos:
“Ela tem que trabalhar e estudar muito, ter uma caixa de emails sempre lotada. Os pés devem ter calos e bolhas porque ela anda muito com sapatos de salto, para lá e para cá.
Ela deve ser independente e fazer o que ela bem entende com o próprio salário: comprar uma bolsa cara, doar para um projecto social, fazer uma viagem sozinha pelo leste europeu. Precisa conduzir bem e entender de imposto de renda.
Cozinhar? Não precisa! Tem um certo charme em errar até no arroz. Não precisa ser toda definida, porque não dá tempo de fazer tudo o que ela faz e e ainda ter tempo para treinar.
Mas acima de tudo: ela tem que ser segura de si e não querer depender de mim, nem de ninguém.”
          Pois é. Ainda não ouvi esse discurso de nenhum homem. Nem mesmo parte dele. Vai na volta é por isso que estou solteira aqui, na luta.
          O fato é que eu tenho andado a pensar nisso. Na incrível dissonância entre a criação que nós, meninas e jovens mulheres, recebemos e a expectativa da maioria dos meninos, jovens homens, homens e velhos homens.
          O que nossos pais esperam de nós? O que nós esperamos de nós? E o que eles esperam de nós?
          Somos a geração que foi criada para ganhar o mundo. Incentivadas a estudar, trabalhar, viajar e, acima de tudo, construir a nossa independência. Os poucos bolos que fiz na vida nunca fizeram os olhos da minha mãe brilhar como as provas com notas 10. Os dias em que me arrumei de forma impecável para sair nunca estamparam no rosto do meu pai um sorriso orgulhoso como o que ele deu quando entrei no mestrado. Quando resolvi fazer um breve curso de noções de gastronomia meus pais acharam “bacano”. Mas quando resolvi fazer um breve curso de língua e civilização francesa na Sorbonne eles inflaram o peito como pombos.
          Não tivemos aula de corte e costura. Não aprendemos a rechear um frango. Não nos chamaram para trocar a fralda de um priminho. Não nos explicaram a diferença entre alvejante e água sanitária. Exactamente como aconteceu com os meninos da nossa geração.
          Mas nos ensinaram sobre desporto. Fizeram-nos aprender inglês. Aprender a conduzir. Aprender a construir um bom currículo. A trabalhar sem medo e a investir o nosso dinheiro. Exactamente como aconteceu com os meninos da nossa geração.
          Mas, escuta, alguém lembrou de avisar os tais meninos que nós seríamos assim? Que nós disputaríamos as vagas de emprego com eles? Que nós iríamos querer jantar fora, ao invés de prepararmos o jantar? Que nós iríamos gostar de cerveja, whisky, futebol e UFC? Que iríamos ter paciência para dar muita satisfação? Que nós seríamos criadas para encontrar a felicidade na liberdade e o pavor na submissão?
          Aí, nós mulheres, com a nossa camisa social que amassada no fim do dia, a nossa bolsa pesada, o nosso telemóvel a apitar os 26 novos emails, amigas à nossa espera para jantar, carro sem lavar, 4 reuniões marcadas para amanhã, e perguntamos: “Que raio de homem vai me querer?”.
          “Talvez se eu fosse mais delicada… Não dissesse palavrões. Não tivesse subordinados. Não dirigisse sozinha à noite sem medo. Talvez se eu aparentasse fragilidade. Talvez se dissesse que não me importo de lavar cuecas. Talvez…”
          Mas não. Essas não somos nós. Nós queremos um companheiro, lado a lado, de igual para igual. Muitas de nós sonham com filhos. Mas não só com eles. Nós queremos fazer um risoto. Mas vamos querer morrer se ganharmos um liquidificador de aniversário. Nós queremos contar como foi o nosso dia. Mas não vamos admitir que alguém questione a nossa rotina.
          O facto é: quem foi educado para nos querer? Quem é seguro o bastante para amar uma mulher que voa? Quem está disposto a nos fazer querer pousar ao seu lado no fim do dia? Quem entende que deitar no seu peito é nossa forma de pedir colo? E que às vezes nós vamos precisar do seu colo e às vezes só vamos querer companhia para um vinho? Que somos a geração da parceria e não da dependência?
          E não estou aqui, num discurso inflamado, culpando os homens. Não. A culpa não é exactamente deles. É da sociedade como um todo. Da criação equivocada. Da imagem que ainda é vendida da mulher. Dos pais que criam filhas para o mundo, mas querem noras que vivam em função da família.
          No fim das contas não somos nada do que o inconsciente colectivo espera de uma mulher. E o melhor: nem queremos ser. Que fique claro, nós não vamos andar para trás. Então vai ser essa mentalidade que vai ter que andar para frente. Nós já nos abrimos para ganhar o mundo. Agora é o mundo tem que se virar para nos ganhar de volta.

quarta-feira, 30 de março de 2016

Origens de algumas peças de roupas.

Resolvi trazer para vocês, a origem de algumas peças de roupas à pedido da minha frôzoca e ajudante de ideias aqui do blog, Edi <3 !
E vocês, já pararam para pensar as curiosidades que podem ter as origens das peças de roupas que vocês tem aí em casa? Acho que não né? Então, corre aqui comigo!



Origem das roupas:

Acho que para primeiramente preciso começar pelo começo né? (Até porque começar pelo fim fica um pouco complicado rsrs). Mas vou começar com a origem de tudo, a origem das roupas em um geral.

segunda-feira, 28 de março de 2016

Pode fechar a porta do carro se não fechar a porta do meu cérebro.




          Eu não sou a menina mais doce do mundo, nem tenho o sorriso mais reto e minha voz nunca fica bonita ao telefone. Eu prefiro comprar livros à maquiagem e minhas roupas nem sempre combinam, eu adoro ir de moletom e tênis confortável para a faculdade e me sinto bem de shorts, chinelos e meia.
          Tenho alergia a falsidade e posso passar uma vida inteira ao lado de muitos, mas duvido que três cheguem a me conhecer de verdade.

quarta-feira, 23 de março de 2016

Significados da Páscoa.

Amada pelas crianças, odiadas pelos adultos e adorada pelos cristãos seja qual for a idade! É, não podemos negar que a Páscoa é uma data um tanto quanto interessante. E que, para aqueles nem tão cristãos, ela é uma data muito amada até você ter que comprar os ovos de Páscoa.

Ninguém pode negar que nos tempo de hoje, em geral a Páscoa virou mais uma data comercial, do que uma religiosa e com seus todos significados importantes para a igreja. 
Aqui vou falar sobre os significados, origens e algumas curiosidades sobre a Páscoa no mundo.

(*Especiais Páscoa 2016: Inspirações para sua decoração de PáscoaIlha de PáscoaReceitas de Ovos de Páscoa.)


O que é e origem:

segunda-feira, 21 de março de 2016

Receitas de Ovos de Páscoa

Já que estamos quaase na Páscoa, vim trazer algumas receitas de ovos para minhas leitoras com mãos habilidosas. São 9 receitinhas uma melhor que a outra e mais algumas trufas e bombons extras!

(*Especiais Páscoa 2016: Inspirações para sua decoração de Páscoa, Ilha de PáscoaSignificados da Páscoa.)

Ovo Trufado.


Ingredientes:

  • 200g de cobertura de chocolate ao leite
  • 1/2 xícara (chá) de creme de leite
  • 2 colheres (sopa) de whisky
  • 500g de cobertura de chocolate meio amargo
  • 2 moldes para ovos de 500g
  • 1 folha de papel chumbo
  • suporte para ovo
  • folhas de papel de seda
  • papel celofane transparente e fita

Modo de preparo:

  1. Pique o chocolate ao leite e coloque num refratário junto com o creme de leite.

sexta-feira, 18 de março de 2016

Ser blogueira




          Ser blogueira não é apenas ser. É estar. É estar sempre presente, é estar sempre disposto. Ser blogueira não é apenas escrever e ter um blog. Ser blogueira é passar recados, é viver o blog, é estar estudando a todo o momento em pesquisas para o blog, é ter um amor gigante por um site, é querer sempre estar melhorando e se dedicando cada vez mais. Ser blogueira não é apenas ter leitores. É ter amigos, ter psicólogos exclusivos, ter ajudantes, ter amor por pessoas que talvez nem conheça ou nuca tenha visto, é ter super amigos virtuais.
          Ser blogueira principalmente é entender que nem sempre tudo dá certo. Que nem sempre tudo vai ser flores e amores.

quinta-feira, 17 de março de 2016

Especial 1 ano do Blog!!

PARABÉNS PRA VOCÊ...!!!!


E hoje o blog completa 1 aninho!!! Que novinho né? Pois é... Mas eu to MUITO, MUITO, MUITO FELIZ! Não simplesmente pelo aniversário do blog, já que é só um ano (mas ao mesmo tempo é UM ANO rsrsrs), mas estou muito feliz mesmo pela nova fase que o blog vai passar. Por exemplo, perceberam a mudança na cara do blog??? Acho que sim né povo, não é possível que não rsrsrs... 

segunda-feira, 14 de março de 2016

Curiosidades sobre os Gatos.

É, como todo mundo sabe, os gatinhos são bichinhos muito curiosos e tem muito a serem estudados ainda. Ninguém pode negar que essas nossas amadas (ou não rsrs) bolinhas de pelos, são muito curiosos e misteriosos. Por esse motivo, vim mostrar algumas curiosidades que juntei de vários sites diferentes e que talvez vocês não conheçam sobre esses queridos felinos. São 108 curiosidades diferentes para vocês conhecerem cada vez melhor seus companheirinhos.


  1. Em média um gato passa 2/3 do dia dormindo. Isso significa que em 9 anos de vida, apenas está acordado 3 anos. 
  2. Os gatos não saboreiam o doce. 
  3. Quando um gato persegue uma presa, ao contrário de um cão ou humano, mantém a cabeça sempre para baixo. 

sexta-feira, 11 de março de 2016

Casa dos Rostos




          Ao entrar em sua modesta cozinha em uma abafada tarde de agosto de 1971, Maria Gomez Pereira, uma dona de casa espanhola, espantou-se com o que lhe pareceu um rosto pintado no chão de cimento.
          Estaria ela sonhando, ou com alucinações? Não, a estranha imagem que manchava o chão parecia de fato o esboço de uma pintura, um retrato.
          Com o correr dos dias a imagem foi ganhando detalhes e a noticia do rosto misterioso espalhou-se com rapidez pela pequena aldeia de Belmez, perto de Cordoba, no sul da Espanha.

terça-feira, 8 de março de 2016

Feliz dia da Mulher!

Hoje é um dia muito muito especial. E eu não poderia de forma alguma deixar passar em branco!
Aqui vão meus sinceros parabéns e agradecimentos à toda mulher!

Feliz dia da Mulher!



          Feliz dia da mulher, à você mulher. Feliz dia da mulher à vocês mulheres. Feliz dia da mulher à você que é guerreira, que todo o dia acorda cedo com o difícil trabalho que é tornado fácil pela mulher: as tarefas de casa. Muitas vezes, cuidar dos filhos, da casa, do trabalho fora e em casa, do marido, da comida, da roupa, se parar para pensar, um dia é pouco. Mas tornamos esse trabalho muito fácil, repetindo ele todo todo e todo o dia.

segunda-feira, 7 de março de 2016

Tag: Quase 1 ano do blog.

Para a nossa tag do mês (primeira segunda-feira do mês), estava em dúvida entre comemorar a Páscoa, ou o aniversário do blog, que caem neste mesmo mês. Resolvi juntar então algumas tags como sempre faço, pegando as 10 (hoje, já que é especial, peguei 3 extras) melhores perguntas da tag "Sim, sou blogueira", " Blogueira Iniciante" e "Conhecendo o Blog".



1. Qual seu nome, quantos anos tem e qual seu blog?

Meu nome é Stephany Hawerroth, tenho 15 anos e meu blog é o "Um Pedacinho de Mim" (esse rsrs).

sexta-feira, 4 de março de 2016

A escolha é sua...



          Você pode curtir ser quem você é, do jeito que você for, ou viver infeliz por não ser quem você gostaria.
          Você pode assumir sua individualidade, ou reprimir seus talentos e fantasias, tentando ser o que os outros gostariam que você fosse.
          Você pode produzir-se e ir se divertir, brincar, cantar e dançar, ou dizer em tom amargo que já passou da idade ou que essas coisas são fúteis sérias e bem situadas como você.
          Você pode olhar com ternura e respeito para si próprio e para as outras pessoas, ou com aquele olhar de censura, que poda, pune, fere e mata, sem nenhuma consideração para com os desejos, limites e dificuldades de cada um, inclusive os seus.
          Você pode amar e deixar-se amar de maneira incondicional, ou ficar se lamentando pela falta de gente à sua volta.

quarta-feira, 2 de março de 2016

Ilha de Páscoa

Já que estamos praticamente em véspera de Páscoa (ok, sou um pouco exagerada, eu sei rsrsrs), resolvi trazer mais uma junção de conhecimento para vocês.

Não sei se vocês conhecem (já que é bem pouco conhecido mesmo), mas a Ilha de Páscoa é uma Ilha situada próxima ao Chile com vários mistérios não descobertos até hoje (parecido com as pirâmides do Egito). Aqui tenho algumas informações que vocês talvez não saibam sobre a Ilha de Páscoa, e também alguns dos mistérios até hoje não descobertos.

(*Especiais Páscoa 2016: Inspirações para sua decoração de PáscoaReceitas de Ovos de Páscoa, Significados da Páscoa.)




O que é a Ilha de Páscoa?



A Ilha de Páscoa é uma ilha da Polinésia oriental, localizada no sul do Oceano Pacífico. Está situada a 3 700 km de distância da costa oeste do Chile e constitui a província chilena de Ilha de Páscoa. Sua população em 2002 era de 3 791 habitantes, 3 304 dos quais viviam na capital Hanga Roa. É famosa pelas suas enormes estátuas de pedra, os moais. Faz parte da Região de Valparaíso, pertencente ao Chile.